Deixe nas mãos do Senhor tudo o que você for fazer. Confie nEle de todo o coração e Ele fará o que for necessário. Salmo 37.5
Leitura diária na versão Novo testamento Versão Palavra Viva/Velho testamento Bíblia Viva - Português


Jó 6
Jó 7
Jó 8
2 Tessalonicenses 1

Jó 6


1
E JÓ RESPONDEU assim a seu amigo Elifaz:
2
Ah, se alguém pudesse pesar numa balança o meu lamento e o meu sofrimento, você veriam que a minha dor é mais pesada que toda a areia das praias deste mundo. Por isso é que falei depressa demais, reclamando.
4
Sim, pois o Grande Deus me castigou com as suas flechas e a minha alma está envenenada por causa delas. Sim, Deus me castigou com toda espécie de sofrimento e dor.
5
Não estou reclamando à toa: pense bem, por acaso o jumento ou o boi reclama quando tem bastante capim para comer? Claro que não!
6
Por acaso se comem sem sal as comidas que não tem gosto, a clara do ovo por exemplo?
7
É isso que aconteceu comigo; o que antes eu desprezava, agora sou obrigado a comer, por mais desagradável que seja.
8
Quem dera que Deus ouvisse meus pedidos e atendesse o meu desejo!
9
Quem dera que Ele me esmagasse com sua mão em vez de me deixar sofrendo tanto!
10
Assim, mesmo sofrendo e morrendo, eu ainda teria um consolo; estou inocente diante do Santo Deus pois não desobedeci a sua palavra.
11
Por que Ele demora tanto em me tirar a vida? Eu já não tenho mais forças para continuar vivendo! Por que demorar tanto se o meu fim é certo?
12
Será que Deus pensa que sou feito de pedra, ou de bronze, que não sinto dor e não tenho emoções?
13
Não, eu morrerei sem receber ajuda e não tenho mais nada que possa me valer neste sofrimento!
14
O amigo deve mostrar compreensão e ajuda na hora da dificuldade mas vocês estão me tratando como eu tivesse negado a Deus e me revoltado contra Ele.
15
Sim, vocês que são como irmãos para mim, acabaram me tratando falsamente. Vocês foram como os riachos que correm montanha abaixo, até o fundo dos vales.
16
Quando a neve e o gelo do inverno derretem, eles correm cheios e rápidos mas quando vem o calor do verão eles desaparecem. As caravanas saem de seu rumo para procurar água, mas nada encontram, e os comerciantes acabam morrendo de sede.
19
As caravanas de comerciantes vindos de Temã e Sabá procuram esses riachos mas acabam sendo enganadas pois não encontram água para beber. Vocês foram como esses riachos para mim; eu esperava encontrar ajuda mas vocês se afastaram, espantados com a minha desgraça.
22
Por que? Por acaso eu pedi alguma coisa, algum consolo ou alguma ajuda?
23
Por acaso pedi que vocês me livrassem desse sofrimento que Deus me deu?
24
Tudo que eu quero é uma explicação para todo esse sofrimento; eu me calarei se alguém me explicar onde foi que desobedeci a Deus!
25
Suas palavras são muito bonitas e poderiam me convencer se eu estivesse errado; mas, quanto a mim, suas palavras não valeram nada! De que adianta vocês me condenarem por um lamento que eu soltei numa hora de profundo desespero?
27
Isso é tão feio quanto vender um órfão como escravo ou trair o melhor amigo por um punhado de dinheiro.
28
Olhem para mim, por favor! Eu não seria capaz de mentir para vocês, meus amigos!
29
Não me considerem culpado tão depressa! Julguem o meu caso mais uma vez e sejam bem sinceros; vocês verão que não mereço este sofrimento.
30
Ou vocês pensam que já não sei mais ver o que é certo e o que é errado? Eu seria o primeiro a admitir o meu erro se tivesse cometido algum pecado!

topo

Jó 7


1
AH, ESSA NOSSA VIDA é longa e cheia de canseira, como a vida de um escravo!
2
Como o lavrador espera ansioso por um descanso, à sombra de uma árvore; como o empregado espera ansioso o dia do pagamento
3
eu esperava ter uma velhice calma e tranqüila mas recebi meses e meses de sofrimento, e longas noites cheias de dor e aflição.
4
Quando vou me deitar, penso: 'Quem dera que já fosse de manhã!' mas a noite é comprida e eu me viro de um lado para outro na cama, sem poder dormir.
5
"Minha pele está coberta de vermes e de uma casca escura. Feridas antigas voltam a se abrir e ficam cheias de pus.
6
Minha vida se acaba rapidamente, veloz como o vento. Meus dias são vazios e sem esperança.
7
Minha vida é breve como um sopro e eu nunca mais voltarei a ser feliz.
8
Em breve, meus amigos não me verão mais. O Senhor Deus não me verá mais no reino dos vivos.
9
Como a neblina que desaparece com o calor, os que vão para o reino dos mortos não voltam mais a este mundo;
10
deixam para trás sua família e a casa onde viviam, para nunca mais voltar.
11
Por tudo isso tenho de lamentar, falar da tristeza do meu coração e da aflição da minha alma.
12
Ó Deus, por acaso sou eu um monstro, furioso como o mar, para que me persiga e vigie assim sem parar?
13
Quando vou dormir penso que o sono me fará esquecer a dor e o sofrimento, mas, o Senhor me assusta com pesadelos horríveis.
15
Ah, eu prefiro morrer estrangulado a viver sofrendo desse jeito!
16
Já estou cansado da minha vida; é melhor morrer de uma vez. Deixe-me ficar só, ao menos nestes últimos dias de vida.
17
Afinal de contas, o que é o homem para que se interesse tanto por ele e vigie cada um de seus passos?
18
Por que o Senhor coloca o homem à prova a cada novo dia, como um juiz severo?
19
Até quando vai me vigiar? Quando me dará tempo para fazer as coisas simples da vida sem ser vigiado?
20
"Será que o meu pecado incomoda tanto, ó Deus-Vigia, Observador da humanidade? Por que me escolheu para alvo das suas flechas? Por que fez da minha vida um fardo tão pesado?
21
Por que não perdoa o meu pecado e não tira das minhas costas o peso da minha desobediência? Em breve eu me deitarei para dormir o sono eterno; o Senhor procurará entre os vivos mas não me encontrará.

topo

Jó 8


1
ENTÃO, BILDADE, o suíta respondeu a Jó:
2
Até quando você vai continuar falando desse jeito, Jó? Soprando palavras furiosas como um vento forte?
3
Você acha que Deus, o Grande Deus, seria capaz de cometer uma injustiça e torcer o que é certo?
4
Se os seus filhos sofreram tudo isso, foi porque desobedeceram a Deus e sofreram as conseqüências de seu pecado.
5
Mas agora, se você procurar a Deus e pedir ao Senhor misericórdia
6
se você for sincero e justo, Ele não demorará em lhe dar ajuda e devolver um lar justo e feliz.
7
E você verá que o que tinha antes era pouco, comparado com o que Deus lhe dará.
8
Lembre-se do que aconteceu no passado, a outras gerações, a seus antigos parentes!
9
A nossa vida é muito curta, como uma sombra e a nossa experiência muito pequena.
10
Por isso, aprenda com os homens do passado; eles lhe ensinarão com sabedoria estas grandes verdades:
11
Os homens que se esquecem de Deus são como as varas que crescem à beira dos rios e lagos. Quando acaba a água, e a lama onde vivem endurece, elas murcham e morrem depressa, antes mesmo de serem colhidas pelo homem. Os planos de quem se esquece de Deus falharão todos!
14
O homem sem Deus não tem segurança; sua vida se sustenta numa teia de aranha, muito frágil.
15
Ele procura se apoiar em suas riquezas e na proteção de sua casa, mas, tudo isso virá abaixo e será destruído junto com ele.
16
No começo de sua vida ele cresce depressa como uma planta nova e se espalha pelo jardim;
17
suas raízes se espalham por toda parte, entre os montões de pedras e os muros altos.
18
Mas, quando Deus castiga esse homem, ele desaparece como uma planta que foi arrancada e ninguém sente falta dele.
19
Esse é o triste resultado da vida de quem se esquece de Deus! E quando um deles desaparece, surgem outros para tomar seu lugar.
20
Mas veja bem! Deus não abandonará o homem justo e sincero da mesma maneira que nunca ajudará o pecador rebelde.
21
Ele encherá ainda a sua vida de risos e exclamações alegres.
22
Quem tem ódio de você será envergonhado e os perversos serão destruídos!

topo

2 Tessalonicenses 1


1
Esta carta é de Paulo, Silas e Timóteo.
2
Que Deus, nosso Pai, e o Senhor Jesus Cristo deem a vocês graça e paz.
3
Nós devemos sempre agradecer a Deus por vocês, irmãos, como é justo, porque a fé de vocês está crescendo cada vez mais, e o amor que cada um de vocês tem um pelo outro está aumentando.
4
É por isso que nós falamos, entre as igrejas de Deus, com muito orgulho da perseverança e fé de vocês em todas suas perseguições e aflições que estão suportando.
5
Tudo isso é a prova de que Deus é justo na sua maneira de julgar; e como resultado vocês serão considerados dignos do reino de Deus, pelo qual vocês também estão sofrendo.
6
Pois Deus considera justo retribuir com aflição àqueles que lhes afligem,
7
e dará descanso a vocês que são afligidos, e para nós também. Isso vai acontecer quando Jesus for revelado do céu com os seus anjos poderosos em meio a chamas de fogo,
8
dispensando vingança como retribuição, castigando aqueles que não conhecem a Deus e os que se recusam a obedecer às Boas Notícias do nosso Senhor Jesus.
9
Eles sofrerão o castigo de destruição eterna, separados para sempre da presença do Senhor e da glória de seu poder.
10
Isto acontecerá naquele dia em que ele vier para ser glorificado em seu santo povo e admirado por todos os que creram. E vocês estarão entre eles, porque creram na mensagem que pregamos a vocês.
11
Para este fim, nós sempre oramos por vocês, para que o nosso Deus possa fazê-los dignos do chamado dele e que ele, por meio do seu poder, possa completar cada coisa boa que vocês pretendem fazer e cada obra que fazem como resultado da sua fé,
12
para que o nome do nosso Senhor Jesus Cristo possa ser glorificado em vocês, e vocês nele, segundo a graça do nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo.

topo
Participe da nossa comunidade
Facebook
Twitter