Foi fiel às suas promessas e mostrou novamente o seu grande amor ao povo de Israel; todos os povos viram como o nosso Deus nos salvou. Salmo 98.3
Leitura diária na versão Bíblia Viva - Portugués


1 Crônicas 9
1 Crônicas 10
Lucas 10.1-24

1 Crônicas 9


1
CADA PESSOA EM Israel tinha o registro de sua família cuidadosamente inscrito na História dos Reis de Israel. Judá foi levado como escravo para a Babilônia porque o povo adorava imagens.
2
Os primeiros a voltar e morar de novo nas cidades de onde tinham saído foram as famílias das tribos de Israel, e também os sacerdotes, os levitas, e os que trabalhavam no templo.
3
Depois, algumas famílias das tribos de Judá, Benjamim, Efraim e Manassés chegaram a Jerusalém:
4
Uma família foi a de Utai (filho de Amiúde; Amiúde, filho de Onri; Onri, filho de Inri; Inri, filho de Bani) da família de Perez (filho de Judá).
5
Os silonitas foram outra família que voltou; a essa família pertenciam Asaías (o filho mais velho de Silom) e os filhos dele;
6
também havia os filhos de Zerá, incluindo Jeuel e seus parentes; ao todo, seiscentos e noventa pessoas.
7
Dentre os membros da tribo de Benjamim que voltaram estavam estes: Saiu (filho de Mesulão; Mesulão, filho de Hodavias; Hodavias, filho de Hassenua); Ibnéias (filho de Jeroão); Elá (filho de Uzi, e este Uzi era filho de Micri); Mesulão (filho de Sefatias; Sefatias, filho de Reuel; Reuel, filho de Ibnijas).
9
Todos esses homens eram chefes de famílias. Os homens de Benjamim que voltaram foram novecentos e cinqüenta e seis.
10
Os sacerdotes que voltaram foram estes: Jedaías, Jeoiaribe, Jaquim, Azarias (filho de Hilquias; Hilquias, filho de Mesulão; Mesulão, filho de Zadoque; Zadoque, filho de Meraiote; Meraiote, filho de Aitube). Ele era o principal guarda do templo.
12
Outro dos sacerdotes que voltaram foi Adaías (filho de Jeroão, que era filho de Pasur e este Pasur era filho de Malquias). E outro sacerdote foi Masai (filho de Adiei; Adiei, filho de Jazera; Jazera, filho de Mesulão; Mesulão, filho de Mesilemite; Mesilemite, filho de Imer).
13
No total, voltaram mil, setecentos e sessenta sacerdotes.
14
Dentre os levitas que voltaram estava Semaías (filho de Hassube; Hassube, filho de Azricão; Azricão, filho de Hasabias; este era filho de Merari).
15
Estes são os nomes de outros levitas que voltaram: Baquebacar, Heres, Galal, Matanias (filho de Mica, que era filho de Zicri e este Zicri era filho de Asafe). Obadias (filho de Semaías, que era filho de Galal e este Galal era filho de Jedutum). Berequias (filho de Asa, filho de Elcana, que morava perto das aldeias dos netofatitas).
17
Os guardas da porta eram Salum (o porteiro chefe), Acube, Talmom e Aimã - todos eram levitas.
19
A família de Salum teve como pais Coré, Ebiasafe e Corá. Ele e seus parentes mais chegados, os coraítas, estavam com a responsabilidade de cuidar dos sacrifícios e de proteger o lugar santo, da mesma maneira como os seus pais no passado eram os vigias e guardas do tabernáculo.
20
Finéias, filho de Eleazar, foi o primeiro diretor deste grupo de pessoas em tempos passados. E o Senhor estava com ele.
21
Nesse tempo, Zacarias, filho de Meselemias, era o responsável pela proteção de entrada do tabernáculo.
22
Havia duzentos e doze porteiros, naquele tempo. Eles eram escolhidos conforme as vilas onde moravam. Essa escolha era feita conforme os registros de famílias, e Davi e Samuel escolheram esses homens porque eles mereciam confiança.
23
Eles e os filhos deles eram os responsáveis pelo tabernáculo do Senhor.
24
Vigiavam os quatro lados: leste, oeste, norte e sul.
25
Os parentes deles, que moravam nas vilas, de tempos em tempos vinham prestar serviço; e cada vez que vinham, trabalhavam sete dias.
26
Os quatro porteiros-chefes, todos levitas, tinham um trabalho que só era feito por pessoas de grande confiança. Deviam cuidar das salas mais importantes e também dos tesouros da casa de Deus.
27
Por causa desse trabalho importante de vigia, moravam perto do tabernáculo, e todas as manhãs abriam as portas.
28
Alguns deles foram nomeados para cuidar dos diversos vasos usados nos sacrifícios e na adoração. Eles conferiam tudo para que nada fosse perdido.
29
Outros ficaram responsáveis pelos móveis e pelos objetos do lugar santo, e pelos fornecimentos como farinha, vinho, azeite, incenso e perfumes.
30
Outros sacerdotes preparavam perfumes e o incenso.
31
E Matitias, que era levita e filho mais velho de Salum, o coraíta, era quem fazia os bolos achatados para as ofertas de cereais.
32
Alguns dos homens da família de Coate eram responsáveis pelo preparo do pão especial cada Dia do Descanso.
33
Os cantores eram todos levitas de grande importância, líderes de famílias. Eles moravam no próprio templo em Jerusalém. Estavam ocupados dia e noite com o serviço que faziam. Por isso estavam livres de outros trabalhos e eram escolhidos de acordo com as famílias a que pertenciam.
35
Jeiel (que era casado com uma mulher por nome Maaca); morava em Gibeom. Estes são alguns dos filhos dele: Gibeom, Abdom (o mais velho), Zur, Quis, Baal, Ner, Nadabe, Gedor, Aiô, Zacarias, MicIote.
38
MicIote morava com o filho Siméia em Jerusalém, perto dos parentes dele.
39
Ner foi o pai de Quis; Quis foi o pai de Saul; Saul foi o pai de Jônatas, Malquisua, Abinadabe e EsbaaI.
40
Jônatas foi o pai de Mefibosete; Mefibosete foi o pai de Mica;
41
Mica foi o pai de Pitom, Meleque, Taréia e Acaz;
42
Acaz foi o pai de Jaerá; Jaerá foi o pai de Alemete, Azmavete e Zinri; Zinri foi o pai de Moza.
43
Moza foi o pai de Bineá, Refaías, Eleasá e Azel.
44
Azel teve seis filhos: Azricão, Bocru, Ismael, Searias, Obadias e Hanã.

topo

1 Crônicas 10


1
OS FILISTEUS atacaram e derrotaram os soldados do exército de Israel; esses soldados voltaram e fugiram, mas foram alcançados e mortos no monte de Gilboa.
2
Os filisteus foram atrás de Saul e de seus três filhos Jônatas, Abinadabe e Malquisua, e mataram a todos.
3
Saul estava em grande dificuldade, com os inimigos lutando ao seu redor, quando os soldados filisteus atiraram flechas contra ele e o feriram.
4
O rei gritou então para o seu ajudante: "Depressa, tire a sua espada e me mate com ela, antes que me peguem e me maltratem esses homens que não temem a Deus". Mas o ajudante ficou com medo de cumprir a ordem; Saul pegou então da sua espada e caiu sobre a ponta dela, de modo que a espada atravessou o corpo dele.
5
Quando o ajudante viu que Saul estava morto, ele também se matou do mesmo modo.
6
Assim morreram Saul e seus três filhos. Toda a família de Saul morreu no mesmo dia.
7
Quando os israelitas que estavam no vale lá em baixo da montanha ouviram dizer que os seus soldados tinham fugido e que Saul e os três filhos estavam mortos, abandonaram as cidades e fugiram. Os filisteus vieram e moraram nessas cidades.
8
Quando os filisteus voltaram no dia seguinte para tirar tudo o que possuíam os homens mortos na luta, e recolher o que havia ficado no campo, encontraram os corpos de Saul e de seus filhos no monte Gilboa.
9
Então tiraram a armadura de Saul e cortaram a cabeça dele. Depois disso saíram por todo o país mostrando as armas e a cabeça de Saul. E os filisteus festejaram, diante das imagens que eles adoravam, a notícia maravilhosa.
10
Colocaram as armas de Saul nas paredes do templo dos seus deuses e pregaram a cabeça dele na parede do templo de Dagom.
11
Mas quando a gente de Jabes de Gileade ouviu dizer o que os filisteus fizeram a Saul
12
então os homens valentes foram ao campo de batalha e trouxeram de lá o corpo de Saul e os corpos dos seus três filhos, e sepultaram os corpos debaixo de um carvalho em Jabes; choraram e jejuaram durante sete dias.
13
Saul morreu por ter desobedecido ao Senhor e porque tinha consultado uma médium
14
em vez de pedir a orientação de Deus. Assim o Senhor matou Saul e deu o reino a Davi, filho de Jessé.

topo

Lucas 10

1-24
1
DEPOIS DISTO o Senhor escolheu outros 70 discípulos e os enviou na frente, de dois em dois, às cidades e aldeias que Ele pretendia visitar mais tarde.
2
Estas foram suas instruções a eles: "Roguem ao Senhor da colheita que envie mais trabalhadores para ajudarem vocês, porque a safra está muito abundante e os trabalhadores são poucos.
3
Agora vão, e lembrem-se de que eu estou mandando vocês como cordeiros entre lobos.
4
Não levem dinheiro nenhum, nem sacola, nem mesmo um par de calçados a mais. E não percam tempo pelo caminho.
5
Sempre que entrarem em uma casa, dêem-lhe a sua bênção.
6
Havendo ali alguém que merecer a bênção, ela ficará; se não, a bênção voltará a vocês.
7
Quando entrarem numa aldeia, fiquem em uma casa só, comendo e bebendo do que os moradores oferecerem. Podem aceitar hospedagem, porque o trabalhador é digno do seu salário!
8
Se uma cidade os acolher, sigam estas duas normas: I) Comam qualquer alimento que puserem diante de vocês. II) Curem os enfermos, e digam: O Reino de Deus agora está muito perto de vocês!
9
Se uma cidade os acolher, sigam estas duas normas: I) Comam qualquer alimento que puserem diante de vocês. II) Curem os enfermos, e digam: O Reino de Deus agora está muito perto de vocês!
10
Porém se não forem recebidos numa cidade, saiam às ruas e digam:
11
`Nós estamos limpando dos nossos pés o pó desta cidade como um anúncio público da condenação de vocês. Nunca se esqueçam de como estiveram perto do Reino de Deus!'
12
Até Sodoma estará em melhor situação no Dia do Juízo do que tal cidade.
13
Que sofrimentos estão reservados às cidades de Corazim e Betsaida! Porque se os milagres que Eu fiz lá tivessem sido feitos nas cidades de Tiro e Sidom, muito antes o seu povo teria se arrependido, vestindo-se de pano de saco e jogando cinza na cabeça para mostrar a sua tristeza.
14
Sim, Tiro e Sidom receberão menos castigo no Dia do Juízo do que estas cidades.
15
E o povo de Cafarnaum, que direi a seu respeito? Será exaltado até o céu?
16
Então disse Ele aos discípulos: "Aqueles que acolherem vocês estão acolhendo a Mim. Aqueles que rejeitam vocês estão Me rejeitando. E aqueles que Me rejeitam estão rejeitando a Deus, que Me enviou".
17
Quando os 70 discípulos voltaram, contaram-Lhe alegres: "Até os demônios nos obedecem quando dizemos o seu nome".
18
"Sim", disse-lhes Ele: "Eu via Satanás caindo do céu como o clarão de um relâmpago!
19
Eu lhes dei autoridade sobre as forcas do inimigo, para andar entre serpentes e escorpiões, e para esmagá-los! Nada fará mal a vocês!
20
Contudo, o importante não é que os demônios obedeçam a vocês, e sim que os seus nomes estejam registrados como cidadãos do céu".
21
Nisto Ele ficou cheio de alegria do Espírito Santo e disse: "Eu O louvo, Ó Pai, Senhor do céu e da terra, por ter escondido estas coisas dos intelectuais e dos sábios mundanos, revelando tudo àqueles que são como as criancinhas. Sim Eu Lhe agradeço, Pai, porque esta foi a maneira como o Senhor o quis.
22
Eu sou o representante do meu Pai para tudo; e ninguém conhece realmente o Filho, a não ser o Pai; e ninguém conhece realmente o Pai, a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho escolhe para receber esta revelação".
23
Então, voltando-Se para os doze discípulos, Ele disse em particular: "Felizes aqueles que podem ver o que vocês estão vendo!
24
Muitos profetas e reis do passado desejaram muito ver e ouvir o que vocês têm visto e ouvido!" .

topo
Únete a nuestra comunidad
Facebook
Twitter