O vencedor herdará tudo isto, e eu serei seu Deus e ele será meu filho. Apocalipse 21.7
Leitura diária na versão Nova Versão Internacional - Portugués


1 Crônicas 9
1 Crônicas 10
Lucas 10.1-24

1 Crônicas 9


1
Todos os israelitas foram alistados nas genealogias dos registros históricos dos reis de Israel. Por sua infidelidade o povo de Judá foi levado prisioneiro para a Babilônia.
2
Os primeiros a voltarem às suas propriedades e às suas cidades foram algumas pessoas do povo e alguns sacerdotes, levitas e servidores do templo.
3
Os de Judá, de Benjamim e de Efraim e Manassés que se instalaram em Jerusalém foram:
4
Utai, filho de Amiúde, neto de Onri, bisneto de Inri e trineto de Bani, um descendente de Perez, filho de Judá.
5
Dos descendentes de Selá: O primogênito Asaías com seus filhos.
6
Dos descendentes de Zerá: Jeuel. Os de Judá eram 690.
7
Dos benjamitas: Salu, filho de Mesulão, neto de Hodavias e bisneto de Hassenua;
8
Ibnéias, filho de Jeroão; Elá, filho de Uzi, filho de Micri; e Mesulão, filho de Sefatias, filho de Reuel, filho de Ibnias.
9
Da tribo de Benjamim, relacionados em sua genealogia, eram 956. Todos esses homens eram chefes de suas famílias.
10
Dos sacerdotes: Jedaías, Jeoiaribe, Jaquim;
11
Azarias, filho de Hilquias, neto de Mesulão, bisneto de Zadoque, trineto de Meraiote e tetraneto de Aitube, o líder encarregado do templo de Deus;
12
Adaías, filho de Jeroão, neto de Pasur e bisneto de Malquias; e Masai, filho de Adiel, neto de Jazera, bisneto de Mesulão, trineto de Mesilemite e tetraneto de Imer.
13
O número de sacerdotes que eram chefes de famílias era 1. 760. Eram homens capazes, e sua responsabilidade era ministrar no templo de Deus.
14
Dos levitas: Semaías, filho de Hassube, neto de Azricão e bisneto de Hasabias, um merarita;
15
Baquebacar, Heres, Galal e Matanias, filho de Mica, neto de Zicri e bisneto de Asafe;
16
Obadias, filho de Semaías, neto de Galal e bisneto de Jedutum; e Berequias, filho de Asa e neto de Elcana, que vivia nos povoados dos netofatitas.
17
Os guardas das portas eram: Salum, o chefe, Acube, Talmom, Aimã e os irmãos deles, sendo até hoje
18
os guar­das da porta do Rei, a leste. Salum era o chefe. Esses eram os guardas das portas, que pertenciam ao acampamento dos levitas.
19
Salum, filho de Coré, neto de Ebiasafe e bisneto de Corá, e seus parentes, os coreítas, guardas das portas, responsáveis por guardar as entradas da Tenda[55], como os seus antepassados tinham sido responsáveis por guardar a entrada da habitação do Senhor.
20
Naquela época, Finéias, filho de Eleazar, estivera encarregado dos guardas das portas, e o Senhor estava com ele.
21
Zacarias, filho de Meselemias, era o guarda das portas da entrada da Tenda do Encontro.
22
A soma total dos escolhidos para serem guardas das portas, registrados nas genealogias dos seus povoados, era de 212. Eles haviam sido designados para esses postos de confiança por Davi e pelo vidente Samuel.
23
Eles e os seus descendentes foram encarregados de vigiar as portas do templo do Senhor, o templo chamado Tenda.
24
Os guardas vigiavam as portas nos quatro lados: norte, sul, leste e oeste.
25
Seus parentes, residentes em seus povoados, tinham que vir de tempos em tempos e trabalhar com eles por períodos de sete dias.
26
Mas os quatro principais guardas das portas, que eram levitas, receberam a responsabilidade de tomar conta das salas e da tesouraria do templo de Deus.
27
Eles passavam a noite perto do templo de Deus, pois tinham o dever de vigiá-lo e de abrir as portas todas as manhãs.
28
Alguns levitas estavam encarregados dos utensílios utilizados no culto no templo; eles os contavam quando eram retirados e quando eram devolvidos.
29
Outros eram responsáveis pelos móveis e por todos os demais utensílios do santuário, bem como pela farinha, pelo vinho, pelo óleo, pelo incenso e pelas especiarias.
30
E ainda outros cuidavam da manipulação das especiarias.
31
Um levita chamado Matitias, filho mais velho do coreíta Salum, tinha a responsabilidade de assar os pães para as ofertas.
32
E dentre os coatitas, seus irmãos, alguns estavam encarregados de preparar os pães que eram postos sobre a mesa todo sábado.
33
Os cantores, chefes de famílias levitas, permaneciam nas salas do templo e estavam isentos de outros deveres, pois dia e noite se dedicavam à sua própria tarefa.
34
Todos esses eram chefes de famílias levitas, alistados como líderes em suas genealogias, e moravam em Jerusalém.
35
Jeiel, pai[56]de Gibeom, morava em Gibeom. O nome de sua mulher era Maaca,
36
e o de seu filho mais velho, Abdom. Depois nasceram Zur, Quis, Baal, Ner, Nadabe,
37
Gedor, Aiô, Zacarias e Miclote.
38
Miclote gerou Siméia. Eles também moravam pertode seus parentes em Jerusalém.
39
Ner gerou Quis, Quis gerou Saul, Saul gerou Jônatas, Malquisua, Abinadabe e Esbaal.
40
Este foi o filho de Jônatas: Meribe-Baal, que gerou Mica.
41
Estes foram os filhos de Mica: Pitom, Meleque, Taréia e Acaz[57].
42
Acaz gerou Jadá, Jadá[58]gerou Alemete, Azmavete e Zinri, e Zinri gerou Mosa.
43
Mosa gerou Bineá, cujo filho foi Refaías; o filho deste foi Eleasa, pai de Azel.
44
Azel teve seis filhos, e os nomes deles foram: Azricão, Bocru, Ismael, Searias, Obadias e Hanã. Esses foram os filhos de Azel.

topo

1 Crônicas 10


1
E aconteceu que, em combate com os filisteus, os israelitas foram postos em fuga, e muitos caíram mortos no monte Gilboa.
2
Os filisteus perseguiram Saul e seus filhos, e mataram Jônatas, Abinadabe e Malquisua, filhos de Saul.
3
O combate foi ficando cada vez mais violento em torno de Saul, até que os flecheiros o alcançaram e o feriram gravemente.
4
Então Saul ordenou ao seu escudeiro: "Tire sua espada e mate-me, se não sofrerei a vergonha de cair nas mãos desses incircuncisos". Mas o seu escudeiro estava apavorado e não quis fazê-lo. Saul, então, apanhou a própria espada e jogou-se sobre ela.
5
Quando o escudeiro viu que Saul estava morto, jogou-se também sobre sua espada e morreu.
6
Dessa maneira Saul e seus três filhos morreram e, assim, toda a descendência real.
7
Quando os israelitas que habitavam no vale viram que o exército tinha fugido e que Saul e seus filhos estavam mortos, fugiram, abandonando suas cidades. Depois os filisteus foram ocupá-las.
8
No dia seguinte, quando os filisteus foram saquear os mortos, encontraram Saul e seus filhos caídos no monte Gilboa.
9
Cortaram a cabeça de Saul, pegaram suas armas e enviaram mensageiros por toda a terra dos filisteus proclamando a notícia entre os seus ídolos e o seu povo.
10
Expuseram suas armas num dos templos dos seus deuses e penduraram sua cabeça no templo de Dagom.
11
Quando os habitantes de Jabes-Gileade ficaram sabendo o que os filisteus haviam feito com Saul,
12
os mais corajosos dentre eles foram e apanharam os corpos de Saul e de seus filhos e os levaram a Jabes. Lá sepultaram seus ossos sob a Grande Árvore, e jejuaram por sete dias.
13
Saul morreu dessa forma porque foi infiel ao Senhor; não foi obediente à palavra do Senhor e chegou a consultar uma médium em busca de orientação,
14
em vez de consultar o Senhor. Por isso o Senhor o entregou à morte e deu o reino a Davi, filho de Jessé.

topo

Lucas 10

1-24
1
Depois disso o Senhor designou outros setenta e dois[43] e os enviou dois a dois, adiante dele, a todas as cidades e lugares para onde ele estava prestes a ir.
2
E lhes disse: A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Portanto, peçam ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita.
3
Vão! Eu os estou enviando como cordeiros entre lobos.
4
Não levem bolsa, nem saco de viagem, nem sandálias; e não saúdem ninguém pelo caminho.
5
Quando entrarem numa casa, digam primeiro: Paz a esta casa.
6
Se houver ali um homem de paz, a paz de vocês repousará sobre ele; se não, ela voltará para vocês.
7
Fiquem naquela casa, e comam e bebam o que lhes derem, pois o trabalhador merece o seu salário. Não fiquem mudando de casa em casa.
8
Quando entrarem numa cidade e forem bem recebidos, comam o que for posto diante de vocês.
9
Curem os doentes que ali houver e digam-lhes: O Reino de Deus está próximo de vocês.
10
Mas quando entrarem numa cidade e não forem bem recebidos, saiam por suas ruas e digam:
11
Até o pó da sua cidade, que se apegou aos nossos pés, sacudimos contra vocês. Fiquem certos disto: o Reino de Deus está próximo.
12
Eu lhes digo: Naquele dia haverá mais tolerância para Sodoma do que para aquela cidade.
13
Ai de você, Corazim! Ai de você, Betsaida! Porque se os milagres que foram realizados entre vocês o fossem em Tiro e Sidom, há muito tempo elas teriam se arrependido, vestindo roupas de saco e cobrindo-se de cinzas.
14
Mas no juízo haverá menor rigor para Tiro e Sidom do que para vocês.
15
E você, Cafarnaum: será elevada até ao céu? Não; você descerá até o Hades[44]!
16
"Aquele que lhes dá ouvidos, está me dando ouvidos; aquele que os rejeita, está me rejeitando; mas aquele que me rejeita, está rejeitando aquele que me enviou".
17
Os setenta e dois voltaram alegres e disseram: "Senhor, até os demônios se submetem a nós, em teu nome".
18
Ele respondeu: Eu vi Satanás caindo do céu como relâmpago.
19
Eu lhes dei autoridade para pisarem sobre cobras e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; nada lhes fará dano.
20
Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus.
21
Naquela hora Jesus, exultando no Espírito Santo, disse: Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado.
22
"Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém sabe quem é o Filho, a não ser o Pai; e ninguém sabe quem é o Pai, a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar".
23
Então ele se voltou para os seus discípulos e lhes disse em particular: Felizes são os olhos que vêem o que vocês vêem.
24
Pois eu lhes digo que muitos profetas e reis desejaram ver o que vocês estão vendo, mas não viram; e ouvir o que vocês estão ouvindo, mas não ouviram.

topo
Únete a nuestra comunidad
Facebook
Twitter